Nossos Insights

Conteúdos e análises sobre o que impacta seus investimentos

Explicando o Venture Capital no Brasil

A história do Venture Capital e Private Equity no Brasil é muito recente. A experiência do BNDES começou em 1974 com a criação de três subsidiárias voltadas para esta atividade, que seriam fundidas em 1982, sob o nome BNDESPAR.

A primeira gestora privada de VC/PE do Brasil foi a Brasilpar, criada em 1976. O grande ciclo deste setor no Brasil se iniciou após a estabilização monetária, com forte expansão no período de 1999 a 2001. O pico ocorreu em 2000, quando 13 organizações entraram no mercado.

A base de dados Crunchbase registra que o investimento global em Venture Capital atingiu US$125 bilhões durante o primeiro trimestre de 2021. Essa é uma alta de 50% sobre o quarto trimestre de 2020, e um salto de 94% sobre o primeiro trimestre de 2020. Foi um recorde de funding para startups – a primeira vez em que a captação global bateu a marca de US$ 100 bilhões em um trimestre.

O ano de 2020 registrou investimentos de Venture Capital na casa de 3,5 bilhões e o maior número de rodadas em um ano: 469 aportes em 2020!

O ano de 2020 também foi muito bom para os famosos unicórnios, empresas como: Loft, VTEX e Creditas receberam aportes expressivos no período.

A maior parte das empresas que receberam investimentos de Venture Capital em 2019 estavam em estágios iniciais. Das rodadas, 62% foram para startups em estágio pré-seed e seed.

Dentre os aportes realizados, 20% foram destinados à Fintechs (empresas de tecnologia que atuam no mercado financeiro), representando um total de 57 investimentos e R$ 935 milhões.

Os unicórnios foram responsáveis por US$ 57,9 bilhões, quase metade desse valor captado. Em 2020, o mundo recebia um novo unicórnio a cada dois dias úteis. Neste ano, só no primeiro trimestre, cerca de dois novos unicórnios foram criados por dia útil, uma adição de 112 novos unicórnios para a base do Crunchbase.

Apesar dos cases surpreendentes, é importante lembrar que Venture Capital é um investimento que envolve risco. Muitas vezes, um investimento de Venture Capital bem sucedido, acaba sendo responsável por entregar a performance de todo um portfólio.

A Equitas também está olhando para esse mercado que tanto vem se destacando, e viu no Venture Capital uma oportunidade de trazer nossa experiência de análise para o mundo das startps, uma vez que tecnologia é cada vez mais relevante para as empresas do nosso portfólio.

O EquitasVC é a nossa iniciativa de Venture Capital, no qual atuamos por meio de um fundo fechado (não está disponível para o público por enquanto), com capital proprietário, e um time especialistas focado em buscar as melhores startups para serem investidas.

E você, investidor? Também tem olhado para essas oportunidades?

Os comentários estão desativados.

Quer investir
ou tem alguma dúvida?

Entre em contato

Rua Funchal
n. 375 • Conjuntos 151 e 152
CEP. 04551-060
Vila Olímpia
São Paulo

Ver mapa no google
ANBIMA
Como Investir