Termos e Condições do Website

Termos e Condições sobre o Conteúdo e Acesso ao Website

• Este site foi desenvolvido pela Equitas Administração de Fundos de Investimentos LTDA. (“Equitas”) e tem caráter meramente informativo e não deve ser entendido como oferta, recomendação ou análise de investimento ou ativo, nem tampouco constitui uma oferta de serviço pela Equitas e nem venda de cotas dos fundos por ela geridos.

• Apesar do cuidado na obtenção e manuseio das informações apresentadas, a Equitas não declara ou garante a integridade, confiabilidade ou exatidão das informações, eximindo-se de quaisquer responsabilidades por prejuízos diretos ou indiretos que venham a ocorrer, nem tampouco por decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas neste site, as quais podem inclusive serem modificadas sem comunicação.

• Antes de investir, seguem algumas informações importantes:

a. Recomendamos ao investidor a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento, do formulário de informações complementares e da lâmina de informações essenciais antes de realizar investimentos, sobretudo sobre os aspectos de risco relacionados ao investimento.

b. Fundos de Investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos – FGC.

c. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Para avaliação da performance de quaisquer fundos de investimentos, é recomendável uma análise de período de, no mínimo, 12 (doze) meses. A rentabilidade divulgada não é liquida de Impostos.

d. Os fundos de investimento utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de suas políticas de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas, podendo inclusive acarretar perdas superiores ao capital aplicado e a consequente obrigação do cotista de aportar recursos adicionais para cobrir o prejuízo do fundo.

e. Alguns dos fundos expostos estão autorizados a realizar aplicações em ativos financeiros no exterior. Os fundos de ações podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes.

• O conteúdo deste website não pode ser copiado, reproduzido, publicado, retransmitido ou distribuído, no todo ou em parte, por qualquer meio e modo, sem a prévia e expressa autorização, por escrito, da Equitas através de seus representantes.

Ao continuar, declaro que:

• Li e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade.

• Entendo e concordo que a Equitas poderá coletar e armazenar meus dados pessoais.

• Estou ciente que para obter informações sobre os meus dados, devo entrar em contato através do canal Proteção de Dados ([email protected]).

National Populism – The Revolt Against Liberal Democracy – Roger Eatwell e Matthew Goodwin. - Equitas

Nossos Insights

Conteúdos e análises sobre o que impacta seus investimentos

National Populism – The Revolt Against Liberal Democracy – Roger Eatwell e Matthew Goodwin.

Um é professor de política na Universidade de Bath e o outro da Universidade de Kent. Este livro faz uma análise cuidadosa dos fatores e das circunstâncias que levaram ao fortalecimento de movimentos nacionalistas e populistas na Europa e nos E.U.A. nos últimos anos. Desde a Lega, de Salvini, na Itália, à Donald Trump nos E.U.A., passando por Le Pin, na França, e pelo movimento nacionalista que levou o Reino Unido ao Brexit, o livro observa fatores em comum que fortaleceram estes movimentos.  Os autores focam nos quatro “Ds” que consideram como principais elementos por trás desta tendência política: (i) Desconfiança nos políticos e nas instituições, o que dá origem ao sentimento, por parte de grandes grupos, principalmente os representados por homens brancos de meia idade, de que eles “não tem mais voz” no debate dos temas nacionais; (ii) Destruição – sentimento de erosão da cultura nacional em função dos fortes movimentos de imigração em andamento, e de que a onda do “politicamente correto” impede o debate, favorecendo grupos minoritários de forma desproporcional; (iii) Privação (Deprivation) – aumento da desigualdade social; e (iv) Desalinhamento – enfraquecimento da ligação entre os partidos políticos tradicionais e o povo. A conclusão é de que estes fatores continuarão presentes nos próximos anos.

Os comentários estão desativados.

Quer investir
ou tem alguma dúvida?

Entre em contato

Rua Funchal
n. 375 • Conjuntos 151 e 152
CEP. 04551-060
Vila Olímpia
São Paulo

Ver mapa no google
ANBIMA
Como Investir